Vida pelo Mundo | Dicas e inspirações de viagens!

Além de comer muito doce de leite e carne, uma das coisas que todo turista quer fazer em Buenos Aires é visitar alguma das famosas feiras de artesanato que existem na cidade. Nelas, é possível encontrar antiguidades, jóias e bijuterias feitas à mão, roupas, esculturas, quadros, e souvenires de todos os tipos.

Entre as diversas feiras que acontecem semanalmente na capital portenha, as que achamos mais interessantes foram a de San Telmo, que tem a maior diversidade de produtos, a do Palermo, que é rodeada de bares e lojas lindas, e a da Recoleta, que tem diversas atrações culturais ao redor.

Durante os 5 meses que ficamos em Buenos Aires, participamos das feiras como turistas e também como vendedores, e vamos te dar as dicas de quem conhece os dois lados.

Feira de San Telmo

A principal e maior feira de Buenos Aires recebe milhares de visitantes aos domingos, desde 1970. No início, se concentrava na Plaza Dorrego, apenas com artigos de antiguidades, mas com o passar do tempo, artesãos juntaram-se à feira, que agora ocupa cerca de 10 quarteirões na Rua Defensa.

Com uma infinidade de artesanatos feitos à mão, coisas diferentes, quinquilharias curiosas e produtos tradicionais da Argentina, é o lugar perfeito para um passeio de domingo.

 Encontre hospedagem em San Telmo  

É a feira que mais gostamos em Buenos Aires por ser a mais independente, sem muitas regras ou padronização, com gente de todo o mundo vendendo seus produtos. É uma das poucas que  não é frequentada só por turistas, mas também por moradores de todos lugares da cidade.

Vale a pena prestar atenção na arquitetura e na arte de rua nos muros de San Telmo, e também dar uma olhada nos bares, restaurantes e lojas que ficam nos entornos da feira. Falamos sobre outras atrações do bairro nesse post.

feira san telmo buenos aires

 

Endereço: Plaza Dorrego com Calle Defensa, San Telmo

 

Como chegar: estação Independencia, linhas C e E do Subte (metrô). Linhas de ônibus: 22, 24, 28A, 28B, 29, 33, 54, 61, 62, 74, 86, 93, 126, 130, 143, 152 e 159.

 

Quando: domingos, das 10h às 17h.

 

Feira da Recoleta

A feira da Recoleta acontece todos sábados, domingos e feriados em uma linda praça, com árvores enormes e muito espaço para fazer um pique nique, tomar sol ou assistir a alguma banda ao vivo, que sempre rola na Plaza Francia.

Essa é mais organizada e mais difícil de participar, a maioria dos vendedores são moradores da cidade e têm seu espaço reservado há anos. Por isso, se você visitar a feira mais de uma vez, provavelmente vai ver as mesmas coisas, diferente de San Telmo, que a cada semana tem algum vendedor novo.

 Encontre hospedagem em Recoleta  

É muito frequentada por turistas, que geralmente combinam o passeio com uma visita ao Cemitério da Recoleta, um dos mais visitados do mundo, onde Eva Perón e outras personalidades argentinas estão sepultadas. Moradores também frequentam o local, mas com a intenção de aproveitar o espaço da praça para lazer.

Nos arredores também tem o Centro Cultural Recoleta e o Museu Nacional de Belas Artes, dá pra visitar 4 atrações em um só passeio!

recoleta

By Tim Adams from San Francisco [CC BY 2.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.0)], via Wikimedia Commons

Endereço: Av. Pueyrredon e Av. Del Libertador, Recoleta.

 

Como chegar: linhas de ônibus: 17, 61, 62, 67, 92, 93, 10, 37, 38, 41, 59, 60, 95, 101, 102, 108, 118, 124, 130.

 

Quando: sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.

 

Palermo Soho

Palermo é um bairro de classe alta em Buenos Aires, que na nossa opinião, é o grande responsável pela fama de “Europa sul-americana” que a cidade tem. Lá, é tudo mais limpo, mais bonito e mais nada a ver com o resto da cidade. Mas é cheio de atrativos, e é o queridinho dos turistas.

A feira de Palermo Soho acontece de sexta, sábado e domingo na Plaza Serrano, uma pequena e aconchegante praça rodeada de bares, lojas, restaurantes e ateliês. Aos domingos, a feira se extende pela rua e fica maior e mais cheia.

Na feira você vai encontrar produtos artesanais bem originais, como objetos para decoração, roupas, bijuterias e artigos em couro, tudo muito bem feito e de bom gosto.

 Encontre hospedagem em Palermo Soho  

As lojas do bairro são uma atração à parte! É um ótimo lugar para comprar roupas, com diversos ateliês de estilistas argentinos e internacionais. Também dá para encontrar objetos criativos para decoração ou para dar de presente.

Aproveite a visita para curtir o happy hour em algum bar da região, ou simplesmente para caminhar pelas ruas de Palermo. Você vai se surpreender com o charme do bairro e com a forte presença da arte urbana nos muros.

Endereço: Calle Jorge Luis Borges e Honduras, Praça Serrano, Palermo.

 

Como chegar: estação Plaza Italia do Subte (+ 8 quadras a pé). Linhas de ônibus: 34, 39, 55, 57, 140, 142, 151, 166, 168.

 

Quando: sextas-feiras, sábados e domingos das 12h às 20h.

 

Tem alguma dica de Buenos Aires? Conta pra gente nos comentários!

 

Gostou do post? Curta o Vida pelo Mundo nas redes sociais:       

Assine nossa newsletter e receba dicas e inspirações de viagens no seu email!

 

 

Comentários

comentários

Leia também

O Parque Nacional de Torotoro, localizado no departamento de Potosí, na Bolívia é um lugar pouco...

Puno é uma pequena cidade às margens do lago Titicaca, no Peru. O principal atrativo do local são...

A cidade de Cusco, no Peru, recebe milhares de turistas todos os anos e mesmo assim mantém uma...