Vida pelo Mundo | Dicas e inspirações de viagens!

O complexo do castelo real de Wawel se localiza na Wawel Hill, uma colina de 228 metros de altura, às margens do rio Vistula, próximo ao centro de Cracóvia.

Vista de cima da colina.

Vista de cima da colina.

A região foi residência de governantes poloneses desde o século IX. Desde então, passou por dois incêndios, ocupação austríaca que utilizou o local como quartel militar, ocupação nazista e diversas restaurações.

Hoje funciona como instituição cultural, com as seguintes atrações:

  • Visitação aos apartamentos reais privados e salões de Estado;
  • Exposições do arsenal e tesouros da coroa;
  • Exposição de arte oriental;
  • Exposição de objetos que fizeram parte da história de Wawel;
  • Visitação a Caverna do Dragão;
  • Visitação a torre Sandomierska;
  • Catedral de Wawel

Nós visitamos a caverna do dragão, a catedral, e as partes externas do castelo que possuem lindos jardins, pátios, cafés e restaurantes.

O acesso à caverna do dragão é feito por um poço do ano 1830, com 135 degraus. Não é um passeio muito indicado para quem tem fobia de lugares fechados ou mobilidade reduzida.

A caverna tem por volta de 250 metros de extensão, com 80 metros abertos para visitação. Diz a lenda que ali vivia um terrível dragão, que foi derrotado pelo rei Cracus. Fizemos uma ilustração sobre lenda, que você pode ver aqui!

No final do percurso tinha um tiozinho vestido com roupas medievais, assustando as pessoas, fazendo umas palhaçadas e pedindo uma colaboração para posar para fotos.

Ao sair da caverna há uma escultura de dragão que solta fogo de tempos em tempos, criada por Bronisław Chromy em 1972, em homenagem à lenda, e também algumas barracas vendendo lembranças do castelo.

O castelo é uma das principais atrações da cidade e nós recomendamos a visita à caverna!

Endereço: 31-001 Kraków, Wawel 5.

 

Horários: todos os dias, das 6:00 às 17:00. A entrada é permitida até às 16:00.

 

Mais informações: http://www.wawel.krakow.pl/en/index.php?op=40

*Lembrando que há um número limitado de visitantes por dia e que os valores mostrados no site são para cidadãos europeus, o preço é um pouco maior para estrangeiros.

 
 

Gostou do post? Curta o Vida pelo Mundo nas redes sociais:       

Assine nossa newsletter e receba dicas e inspirações de viagens no seu email!

 

Comentários

comentários

Leia também

Diz a lenda que, um terrível dragão habitava uma gruta na colina de Wawel, trazendo medo e desgraça...

O Museu a céu aberto de Goreme, na região da Capadócia, é uma área com diversas igrejas e cavernas...

Durante nossa visita à Europa, incluímos a Cracóvia no roteiro, com a intenção principal de...