Vida pelo Mundo | Dicas e inspirações de viagens!

A cidade de Cusco, no Peru, recebe milhares de turistas todos os anos e mesmo assim mantém uma incrível autenticidade peruana, com construções da época dos incas e da colonização espanhola, casas de pedra e barro, moradores que preservam tradições milenares e de quebra, muita natureza ao redor!

Cusco é o principal ponto de partida para conhecer Machu Picchu, Valle Sagrado, Montanhas Coloridas e outras maravilhas do Peru, mas tem diversas outras atrações que merecem ser visitadas. A cidade é pequena e muito fácil de se localizar, dá pra fazer quase tudo a pé.

Veja nossos posts completos sobre Macchu Picchu e Montanhas Coloridas.

Cusco

Cultura local preservada!

Principais atrações de Cusco

• Plaza de Armas

É o principal ponto da cidade, cheia de restaurantes, bares, hotéis, lojas, agências de turismo, construções coloniais e incas. A praça é linda, com um jardim muito bem cuidado e frequentada tanto pelos peruanos como por turistas de todo o mundo. É um ótimo lugar para sentar e relaxar um pouco, vendo a vida passar.

 Hospedagem em Cusco  

Nela ficam as igrejas La Compañía de Jesus e a Catedral de Cusco. As duas cobram entrada, mas é possível visitar de graça nos horários das missas. Existe um ingresso do Circuito Religioso de Cusco, que custa 50 soles e dá direito a entrada nas igrejas Compañía, Catedral, San Blas e Museo Religioso. (1 sol = 0,90 reais)

Na época dos incas, o local da praça era considerado sagrado e rodeado de palácios e templos, que foram destruídos com o domínio espanhol de Francisco Pizarro.

Plaza de Armas, Cusco. Igreja La Compañía de Jesus ao fundo.

Festividade na Plaza de Armas. Igreja La Compañía de Jesus ao fundo.

• Coricancha / Qoricancha / Templo do Sol

Coricancha era originalmente um templo inca dedicado ao sol. Com a chegada dos espanhóis, foi construída uma igreja sobre ele, o Convento de Santo Domingo.

A base da construção inca, feita com enormes pedras encaixadas, sem cimento, foi mantida e hoje ainda é possível ver partes originais dentro do convento.

A perfeição da engenharia incaica era tanta, que o local passou por um terremoto em 1950, que destruiu grande parte da igreja, mas deixou intacta a construção original.

Fica a duas quadras da Plaza de Armas e o ingresso custa 10 soles, sem guia.

Coricancha, Cusco, Peru

Coricancha, Cusco, Peru

Coricancha, Cusco, Peru

Parte das construções incas preservadas.

Coricancha, Cusco, Peru

Pátio interno do convento.

• Mercado San Pedro

Um autêntico e enorme mercado peruano, onde você pode encontrar de tudo um pouco. É dividido em setores de legumes, carnes, frutas, restaurantes, artesanatos e outras coisas.

É tudo bem barato, um prato de comida por exemplo, custa em média 5 soles. Para os que tem o estômago fraco, não recomendamos comer logo de cara no mercado, pois parece que eles não tem muito cuidado com a higiene.

É muito frequentado pelos locais e vale a pena a visita para ver os ingredientes tradicionais!

Mercado San Pedro, Cusco, Peru

Mercado San Pedro, Cusco, Peru

Mercado San Pedro, Cusco, Peru

Mercado San Pedro, Cusco, Peru

Vai um caldo de cabeça de boi??

• Saqsaywaman

As construções de Saqsaywaman são supostamente uma fortaleza inca, que ficam a poucos quilômetros do centro de Cusco. O tamanho das pedras utilizadas é surpreendente! E tudo é encaixado perfeitamente, sem cimento.

Para entrar, é necessário o Boleto Turístico, que custa de 35 a 130 soles. Com ele, é possível visitar de 4 a 16 atrações, dependendo do tipo de ingresso que você comprar.

Veja no tópico abaixo como é possível ver um pouquinho das ruínas sem pagar nada!

Sacsaywaman, Cusco, Peru

Sacsaywaman, Cusco, Peru

Sacsaywaman, Cusco, Peru

• Cristo Blanco

De qualquer lugar da cidade é possível ver uma estátua parecida com nosso Cristo Redentor no topo de uma montanha, o Cristo Blanco.

Você pode incluir ele na sua visita a Saqsaywaman. A estátua fica a 10 minutos do portão de entrada.

Se você não for visitar Saqsayhuaman e não quer pagar para ir até o Cristo, pode fazer toda a volta nas ruínas pelo lado de fora, de táxi (±10 soles), a pé (± 45 minutos) ou com o ônibus do city tour. Para os mão-de-vaca de plantão, indo a pé também dá pra ver boa parte das ruínas sem pagar! 😛

De lá se tem uma vista panorâmica incrível de Cusco e de todas montanhas que estão em volta da cidade. A vista durante a noite também é maravilhosa!

Cristo blanco, Cusco, Peru

Cristo blanco, Cusco, Peru

Cristo blanco, Cusco, Peru

Cristo blanco, Cusco, Peru

• Mirante da Igreja San Cristobal

Esse mirante não é tão alto quanto o do Cristo Blanco, mas já dá pra ver toda a cidade de cima. É uma boa opção pra quem tiver com preguiça de subir até o Cristo.

Mirante Igreja San Cristobal, Cusco

Mirante Igreja San Cristobal, Cusco

• Bairro San Blas

San Blas é o bairro mais charmoso de Cusco, com ruazinhas estreitas, lindos bares, restaurantes e um monte de lojas de artesanato. É um bom lugar para se hospedar e tem bastante coisa pra fazer a noite!

Loja de instrumentos artesanais em San Blas, Cusco

Loja de instrumentos artesanais em San Blas

• Walking Tour

Fizemos um Free Walking Tour, que é oferecido na Plaza de Armas, e recomendamos muito! Andar a pé é a melhor maneira de conhecer qualquer lugar e o guia nos levou nos principais e mais interessantes lugares da cidade, explicando tudo. Nada melhor do que a história de Cusco contada por um cusqueño!

É bom fazer logo no primeiro dia, pra já saber onde é tudo e se localizar melhor.

O tour não é totalmente free, o guia pede uma colaboração a partir de 15 soles por pessoa. Vale cada centavo e se você não tiver os 15 soles, não tem problema. Você pode encontrar os guias todos os dias na estátua da Plaza de Armas.

Tem alguma dica de atrações de Cusco que não listamos aqui? Ou alguma dúvida? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

Gostou do post? Curta o Vida pelo Mundo nas redes sociais:       

Assine nossa newsletter e receba dicas e inspirações de viagens no seu email!

 

Comentários

comentários

Leia também

O Parque Nacional de Torotoro, localizado no departamento de Potosí, na Bolívia é um lugar pouco...

Puno é uma pequena cidade às margens do lago Titicaca, no Peru. O principal atrativo do local são...

Para visitar o inacreditável Salar de Uyuni, na Bolívia, a cidade base de onde saem os tours é...