Vida pelo Mundo | Dicas e inspirações de viagens!

Para visitar o inacreditável Salar de Uyuni, na Bolívia, a cidade base de onde saem os tours é Uyuni, que fica a 9 horas da capital La Paz.

A cidade é bem pequena, porém com boa estrutura para o turismo. Tem diversas opções de hospedagens, restaurantes e caixas eletrônicos, além da grande oferta de passeios ao deserto de sal, principal atrativo do lugar.

Encontramos hospedagens a partir de 30 bolivianos por pessoa ou de 80 a 150 bolivianos para quarto de casal, pesquisando pessoalmente.

 Hospedagem em Uyuni  

Existem 3 tipos de passeios, com opções de 1 a 3 dias e todos partem às 10h30. Esses são os valores que a gente encontrou nas agências de turismo em Uyuni (1 real = 2 bolivianos):

Tour de 1 dia

De 130,00 a 150,00 bolivianos, incluindo:

  • Guia
  • Cemitério de trens
  • Montanhas de sal
  • Hotel de sal
  • Ilha de cactos gigantes
  • Almoço
  • Transporte

Tour de 2 dias

De 350,00 a 400,00 bolivianos, incluindo:

  • Guia
  • Cemitério de trens
  • Cidade de Colchani
  • Vulcão Tunupa
  • Hotel de Sal
  • Múmias
  • Caverna das galáxias
  • Ilha de cactos
  • Todas as refeições
  • Transporte

Tour de 3 dias

De 650,00 a 700,00 bolivianos, incluindo:

  • Guia
  • Cemitério de trens
  • Cidade de Colchani
  • Hotel de sal
  • Chiguana Salt Flat
  • Quatro lagoas
  • Deserto de Siloli
  • Lagoa colorada
  • Geysers
  • Águas termais
  • Deserto Salvador Dalí
  • Lagoa verde
  • Lagoa branca
  • Vulcão Licancabur
  • Todas as refeições
  • Opção de continuar pro Chile ou voltar para Uyuni
  • Não inclui ingresso para águas termais (150,00 bolivianos) nem para Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa (30,00).

Visita ao Salar de Uyuni

Chegamos na cidade às 04h00, com um frio de -4°C e uma senhora já distribuia panfletos de um café, o único lugar aberto aquele horário. Os hotéis e agências de turismo abrem às 07h00, então todos ficam nesse café esperando.

Contratamos o passeio no dia mesmo, sem reservar nada antes e foi super tranquilo. Vimos que muita gente chega de manhã, faz o passeio e parte para outro lugar no mesmo dia, já que não tem mais nada para fazer em Uyuni. Assim dá para economizar uma noite de hospedem!

Fizemos o tour de 1 dia, saindo às 10h30 e retornando às 19h30, depois de um pôr do sol indescritível no deserto de sal!

Antes de chegar no salar, o primeiro destino é um cemitério de trens no meio do deserto. Alguns vagões estão há mais de 100 anos lá e o trilho vai até o Chile. Um visual meio bizarro e bem legal para tirar fotos!

Cemitério de trens, Uyuni, Bolívia

Cemitério de trens, Uyuni, Bolívia

Cemitério de trens, Uyuni, Bolívia

Cemitério de trens, Uyuni, Bolívia

Cemitério de trens, Uyuni, Bolívia

O deserto vai ficando branco aos poucos até chegarmos ao salar. A paisagem parece surreal de tão linda e diferente! São mais de 10.000 quilômetros quadrados de puro sal, uma imensidão branca e plana. Em algumas partes brota água na superfície e em outras, a placa de sal chega a ter 10 metros de espessura.

Tem uma parada para almoçar em um hotel todo construído com sal. É lá que ficam as famosas bandeiras de diversos países no meio do deserto de sal, muito legal para tirar fotos!

Depois tem mais algumas paradas para tirar fotos no salar, com direito a várias zoeiras com fotos em perspectiva incentivadas pelo guia!

Salar de Uyuni, Bolívia

Água brotando nas placas de sal.

Salar de Uyuni, Bolívia

Não podia faltar foto nas bandeiras!

Bandeiras do Salar de Uyuni, Bolivia

Salar de Uyuni, Bolivia

Salar de Uyuni, Bolivia

Coloca a câmera no chão, põe no timer e corre! xD

Salar de Uyuni, Bolivia

Salar de Uyuni, Bolivia

Salar de Uyuni, Bolivia

Cuidado com os dinossauros!

Para completar o cenário surrealista, existem ilhas com cactos milenares no meio do nada. Elas são resultado das erupção do vulcão Tunupa, que fica na região. As lavas se transformaram em ilhas com cactos gigantes com o passar do tempo. Uma loucura, né?!

 

Incahuasi, Ilha de Cactos, Salar de Uyuni, Bolivia

A ilha Incahuasi e seus cactos gigantes.

Ilha de Cactos, Salar de Uyuni, Bolivia

Ilha de cactos, Salar de Uyuni, Bolivia

Já segue o @vidapelomundo no Instagram?

A última parada é na hora do pôr do sol, um dos momentos mais bonitos do passeio e que garante ótimas fotos! Depois disso, mais 40 minutos de carro pelo deserto e chegamos de volta na cidade.

Leve protetor solar e roupa de frio, o sol é forte mas só engana, é bem gelado!

Pôr do sol no Salar de Uyuni, Bolivia

Pôr do sol no Salar de Uyuni, Bolivia

Pôr do sol no Salar de Uyuni, Bolivia

Pôr do sol no Salar de Uyuni, Bolivia

Como chegar ao Salar de Uyuni

De ônibus

Para chegar em Uyuni, a principal maneira é a partir de La Paz. De lá saem ônibus diários, com duração de 9 horas de viagem, por uma média de 120 bolivianos. Também tem ônibus a partir de Oruro e Sucre.

Nós fomos a partir de Copacabana, pegando um ônibus até La Paz (30 bolivianos, 5 horas de viagem) e de lá mais um até Uyuni.

De avião

Uyuni tem aeroporto, com voos a partir de La Paz, que duram 50 minutos ou de Sucre, em 02h30.

Tem alguma dica ou dúvida do Salar de Uyuni? Fala aí nos comentários! 🙂

 

Gostou do post? Curta o Vida pelo Mundo nas redes sociais:       

Assine nossa newsletter e receba dicas e inspirações de viagens no seu email!

 

Comentários

comentários

Leia também

O Parque Nacional de Torotoro, localizado no departamento de Potosí, na Bolívia é um lugar pouco...

Puno é uma pequena cidade às margens do lago Titicaca, no Peru. O principal atrativo do local são...

A cidade de Cusco, no Peru, recebe milhares de turistas todos os anos e mesmo assim mantém uma...