Vida pelo Mundo | Dicas e inspirações de viagens!

Piscinas naturais, água morna e muita natureza em uma ilha sem carros. É por essas e outras que Morro de São Paulo é apaixonante!

Morro de São Paulo é uma vila localizada na Ilha de Tinharé, município de Cairu, na Bahia. Um lugar de natureza preservada, com praias de águas cristalinas e excelente estrutura para o turismo.

Como chegar em Morro de São Paulo

Carros não entram na ilha, portanto, o acesso é feito por barco a partir de Valença, ou de taxi aéreo, pelo aeroporto de Salvador. Valença tem aeroporto que recebe voos de algumas cidades brasileiras.

Pegamos a lancha rápida no porto de Valença, que custou R$20,00 por pessoa, para a travessia em 30 minutos e preferimos deixar o carro em um estacionamento (R$20,00 por dia). Também há a opção de atravessar por barco em 1h30, R$6,00 por pessoa (preços de novembro de 2015).

Chegando na vila, já tem uma monte de “carregadores de bagagens” esperando para levar suas malas em carrinhos de mão, por 30 a 50 reais. A ladeira logo na entrada assusta, mas se sua mala tiver rodinhas e não for absurdamente pesada, acho que não tem necessidade! Fica a dica de não exagerar no peso da bagagem!

É bom saber que a vila não tem agências bancárias e só tem caixas eletrônicos do Banco do Brasil e do Bradesco.

História

igreja nossa senhora da luz

Além da natureza exuberante, Morro de São Paulo também é rico em história. Construções da época colonial, como o Forte e a Fonte Grande ainda estão em pé. Quando fomos, o Forte estava em reformas e fechado para visitas.

Dom Pedro II visitou a Ilha em 1859, ordenou um restauro à Igreja Nossa Senhora da Luz, e se hospedou em uma casa onde hoje funciona a pousada e restaurante O Casarão.

Durante a Segunda Guerra Mundial, dois navios foram torpedeados em frente à Primeira Praia, o que envolveu diretamente o Brasil na guerra. Os sobreviventes foram acolhidos pelos nativos, que viveram com muito medo nessa época.

Até 1985 a ilha ainda era desconhecida pelos turistas, não tinha luz elétrica e a população vivia da pesca. Com o tempo, começaram a construir casas de veraneio na Primeira Praia, e hoje, a vila é um dos principais destinos da Bahia, com uma estrutura totalmente voltada para o turismo e diversas opções de hospedagens, desde campings e hostels, passando por pousadas simples, até resorts de luxo.

Praias

As praias da ilha são: Primeira Praia, Segunda Praia, Terceira Praia, Quarta Praia, Praia do Encanto, Ponta da Pedra, Porto de Cima, Prainha do Forte e da Gamboa.

Na nossa visita de 3 dias, conseguimos visitar a Primeira, Segunda, Terceira, Quarta, Porto de Cima e Gamboa.

Primeira Praia

primeira praia

A praia onde foram construídas as primeiras casas de veraneio tem uma pequena faixa de areia, que quase some na maré alta. Com água cristalina, pedras e corais, é mais frequentada pelos moradores locais, que jogam futebol durante a tarde. Uma tirolesa de 300 metros (R$40,00) vem desde o Farol, no alto no morro, até a água do mar. Também é um ótimo ponto para mergulho com cilindro.

Segunda Praia

segunda praia

Ilha da Saudade

Ilha da Saudade

Na praia mais movimentada da ilha, a faixa de areia é tomada por mesas e cadeiras das barracas que servem bebidas e refeições. O mar é bem calmo e se formam piscinas naturais na barreira de corais. No canto direito fica a Ilha da Saudade, que tem uma paisagem cinematográfica, cheia de árvores, corais e formações rochosas.

Depois da areia tem uma passarela de madeira contornando a orla, até a Terceira Praia. É nela que todos desfilam à noite, procurando algum restaurante ou bar. São diversas opções, com culinária do mundo todo e nada muito barato. Também há barracas cheias de lindas frutas, que vendem drinks de todo tipo.

Terceira Praia

terceira praia

terceira praia

Bem maior e menos agitada que as duas primeiras, a Terceira Praia é ponto de partida para os passeios de barco pela região e abriga grandes pousadas. A barreira de corais deixa o mar bem calmo e perfeito para prática de mergulho.

Quarta Praia

Bem afastada da vila, a Quarta Praia tem natureza mais preservada e abriga hotéis de luxo. O mar é bem clarinho e calmo, e a praia é frequentada principalmente pelos hóspedes desses hotéis.

Porto de Cima e Gamboa

A Praia da Gamboa é onde podemos fazer o famoso banho de argila, que segundo os nativos, tem propriedades medicinais. Para chegar nela caminhado, tem que passar pela Porto de Cima, praia deserta, com faixa de areia pequena, que desaparece na maré alta.

porto de cima

Porto de Cima, vista da trilha para chegar na praia.

A Praia da Gamboa tem algumas poucas pousadas e restaurantes, mas o grande atrativo é a enorme montanha de argila que tem uma bica natural de água, que vai derretendo a argila aos poucos. É bem divertido fazer o banho e a recomendação é de ficar por uns 20 minutos com ela no corpo. E realmente, a pele fica mais macia!

Alguns guias oferecem passeios até a montanha de argila…se o passeio não for de barco, não caia nessa, na vila há placas indicando o caminho, que é bem simples e dura cerca de 30 minutos. Mas tem que ir e voltar na maré baixa!

montanha de argila

Praia da Gamboa.

gamboa

Montanha de argila.

O que fazer em Morro de São Paulo

Existem diversos passeios oferecidos pelas agências de turismo da vila. Nós não fizemos nenhum, mas os que achamos mais interessantes foram o passeio de barco que dá a volta na ilha e o que leva até a Ilha de Boipeba. Também tem agências de mergulho com snorkel ou cilindro.

Toda segunda tem luau na Segunda Praia, e às quartas rola a maior festa da vila, no Teatro do Morro, com DJs, bandas ao vivo e performance de capoeira. Para chegar ao Teatro tem que subir uma enorme escadaria e depois caminhar por uns 20 minutos na areia fofa. Não fomos na festa, mas visitamos o local, que é bem bonito!

Recomendamos muito subir até o forte e ir no mirante que tem à esquerda. A vista é maravilhosa, e o lugar é perfeito para ver o pôr do sol!

mirante

Que vista!

por do sol

Pôr do sol no mirante perto do farol!

 

Gostou do post? Curta o Vida pelo Mundo nas redes sociais:       

Assine nossa newsletter e receba dicas e inspirações de viagens no seu email!

 

 

 

Comentários

comentários

Leia também

A Laguna Quilotoa se localiza na região andina do Equador, a 167 Km da capital Quito, e foi formada...

O Parque Nacional de Torotoro, localizado no departamento de Potosí, na Bolívia é um lugar pouco...

Puno é uma pequena cidade às margens do lago Titicaca, no Peru. O principal atrativo do local são...